5 passos necessários na elaboração de um orçamento para licitação

Todas as empresas fazem uma análise bem detalhada, na hora de avaliar orçamentos para realização de obras. Quando falamos sobre obras públicas, o processo é ainda mais criterioso. Isso, porque as empresas interessadas em enviar o seu orçamento, devem obedecer a alguns padrões para vencer a licitação.

Para conseguir entrar nos processos de licitação, é preciso que as empresas interessadas em fornecer os seus serviços aos órgãos públicos obedeçam aos critérios do edital publicado. Então, o primeiro passo é analisar todo o edital, a fim de obedecer às regras para poder, ao menos, ser selecionado entre as empresas que competem.

Veja quais são os outros passos para elaboração de um orçamento para licitação!

Fazer uma proposta detalhada

Depois de ver todo o conteúdo do edital, procure fazer uma proposta na qual o objeto e os valores estejam todos muito bem detalhados. Só nessa etapa já é possível estar à frente de muitos outros orçamentos, já desclassificados por conta de falharem na descrição dos serviços e produtos.

Oferecer o que é pedido no edital

Um erro também muito comum é quando as empresas inserem em sua descrição de produtos ou serviços aqueles que sejam apenas semelhantes aos que foram pedidos no edital de licitação. A sua empresa deve relacionar exatamente aquilo que foi solicitado, a fim de que não seja desclassificada de início.

Colocar valores mensais, anuais, unitários e totais

Também é importante informar na sua proposta os valores unitários junto ao valor total dos serviços e produtos. Cada dado deve ser especificado para que a proposta fique o mais completa possível. As formas para pagamento devem ser detalhadas também, divididas por meses e com prazos do cronograma de execução.

Estipular uma validade para o orçamento

O próprio edital costuma estipular um prazo de 60 a 90 dias para validade dos orçamentos. Isso, porque o Governo precisa se resguardar em relação a um superfaturamento em relação aos valores da proposta, por exemplo, em alguns meses depois de vencida a licitação. Por isso, fique atento à validade da sua proposta.

Revisar a proposta pelo menos duas vezes

Algo que não é muito citado em orientações acerca dos processos de licitação é a revisão das propostas. Ao finalizar, procure analisar ao menos duas vezes, observando cada informação e dados, a fim de reduzir os possíveis erros ou falta de alguma das exigências do edital.

Além disso, saiba que os fatores, tais como especificações técnicas, as condições para a execução do serviço, relatório dos custos, preços e prazos, certificações técnicas para atuação na área, também são muito valorizados. Nada impede que sua empresa acrescente, por exemplo, catálogos e termos de garantia, a fim de tornar a documentação ainda mais completa.

Esses são os passos necessários para elaboração de um orçamento para licitação. Por não saberem como dar andamento nesse processo, ou mesmo imaginarem que há muita burocracia, muitas organizações deixam de enviar suas propostas. Tenha atenção, então, às informações que trouxemos aqui para ter sucesso na sua proposta e veja que é possível obter aprovação.

Ficou com dúvidas? Conheça nosso sistema!